domingo, 24 de abril de 2016

Dicas para corrida Circuito dos Parques, Etapa Goiânia 2

Bom Dia!


O circuito Corrida nos Parques retoma em 2016, com a sua primeira edição sendo realizada no Parque Municipal Leolídio di Ramos Caiado, no Setor Goiânia 2, no dia 01 de Maio, num Domingo Feliz, pontualmente ás 08h da manhã, tanto para os 3km, como para os 6km.

A edição 2015 deste evento no Goiânia 2 recebeu vários elogios quanto á sua organização. Atentem-se para informações importantes, como o recebimento dos kits. O site da Velox Sports ainda não disponibilizou foto do kit. Portanto, retiro um trecho do regulamento, que trata da retirada do mesmo:


Nota: Não há mais inscrições para este evento. Fiquei surpreendido com isso. Raras são as corridas em Goiânia que encerram as inscrições antes do prazo. Entrei em contato com os organizadores para compreender se realmente esgotaram as vagas, ou outro motivo. Assim que obter resposta, aviso a vocês.

Essa corrida é especial. Estarei em "casa", visto que a base das atividades da minha assessoria é no Parque Leolídio di Ramos Caiado. Conheço de forma ímpar o percurso dessa corrida, tendo corrido centenas de km por essas pistas. A única desvantagem é que virei de uma prova no dia anterior a noite, na Maratona de Revezamento Adidas Boost. Correrei no Goiânia 2 de forma mais tranquila, sem forçar muito o ritmo.

Vamos então dar uma olhada no percurso e claro, lembrando de todas as recomendações quanto a boa alimentação, hidratação e cuidados gerais.

                                                PERCURSO DE 3 KM, CAMINHADA.




O percurso de 6km tem a sua largada próximo do local onde iremos retirar os kits. Nessa largada até o momento em que você passa pela rotatória da Av. Boulervard Conde dos Arcos, pregue cautela, desenvolva um ritmo confortável, buscando seu ritmo ideal de prova. Aprenda a administrar o esforço, pois na Avenida Boulevard, logo após o Pet Shop há um trecho de subida acentuada, embora curta. Nesse momento, cautela, afim de evitar lesões e um uso exagerado da força. É uma subida puxada que não vale a pena desenvolver ritmo forte. Se poupe, pois após terminar a subida, é possível desenvolver ritmo forte, até que se chegue na curva, onde retornaremos na mesma Avenida, portanto em sentido contrário. Novamente, neste trecho, há uma subida que se estende por cerca de 500 metros. Busque recuperação, mantenha um ritmo moderado. Ao perceber estabilização do trecho, volte a desenvolver ritmo forte, de forma gradativa, para que você não estoure antes do tempo. Mantenha-se firme no próximo km. Ao adentrar novamente na área do Parque, passando pela rotatória da Avenida Boulevard, use o seu gás final. Faça um fim de prova forte, conciso. Para os iniciantes, não faça tantas variações de velocidade durante os trechos. Programem uma meta de tempo a ser feito e calcule um "pace" ideal e se mantenham nele. Uma boa sugestão é estabelecer cerca de 06min40s a 07min por km. Para os iniciantes, o ideal é manutenção de ritmo, de forma a não provocar desgastes desnecessários ou lesões. Para os intermediários e avançados, vale as dicas acima.

Para a caminhada de 3km, levem família, amigos, filhos. É uma caminhada gostosa, bem tranquila. Vamos fazer desse dia, um momento de alegria e conceber a ideia de uma prática de atividade física saudável e feliz.

Espero que tenham gostado. Tenho buscado ser o mais simples, objetivo possível, de forma que meus textos não fiquem técnicos. Estarei nesta corrida com a minha assessoria e com tenda no local. Venham nos fazer uma visita. Um Grande Abraço a todos!!


"voa, voa, voa
correr para ser feliz
é ver a canela pegar fogo"

sábado, 23 de abril de 2016

Dicas para a Maratona Adidas Boost de Revezamento

Boa Tarde!!



Vamos conversar um pouco sobre a Maratona Adidas Boost de Revezamento, que será realizada no Autódromo Internacional de Goiânia, dia 30 de Abril, as 18h, em um Sábado de alegria. Numa prova que promete ser empolgante, numa energia contagiante, a organização definiu alguns critérios para participar, do qual o que nos interessa aqui. Será revezamento, devidamente organizado, podendo ser duplas (21km cada); quartetos (10km cada) ou octetos (5km cada).

Aos que montaram equipe, ótimo. Os que ainda não conseguiram equipe, pelo site, é possível que você encontre parceiros, podendo ser uma equipe masculina, feminina ou mista.

Algumas informações importantes:

Trecho extraído do regulamento:

Atenção para alguns casos previstos no regulamento, como a retirada dos kits pelo Capitão da equipe. O kit, claro é esse:


Vamos então ao percurso, com as devidas considerações e dicas:


A primeira grande consideração que faço é em relação ao horário. Por ser uma corrida realizada á noite, temos em nosso favor temperaturas mais amenas, portanto algumas considerações:

  • Pelo horário, é fundamental que você se resguarde durante o dia, se hidrate bastante e descanse. Naturalmente, o Sábado é dia em que famílias, amigos sempre se reúnem para almoços e eventos diversos. Cautela e prudência, sobretudo na sua alimentação durante o dia. Façam refeições leves, de fácil digestão e evitem refrigerantes. Cervejinha, cachaça e enfins, por favor... nem preciso falar.
  • Programe o horário de saída de casa, pois o Autódromo é longe para muita gente;
  • Observe com o Professor ou Capitão da equipe, em qual ordem você está para correr. Com base nisso, se aqueça próximo ao horário previsto para sua largada;
  • Controle da ansiedade é fundamental para uma boa prova, sobretudo os que correrão por último. Participe de aquecimentos leves, se envolva com o restante da equipe, mantendo foco e atenção.
Essa corrida, como vocês podem ver pelo percurso, se trata de um ambiente "controlado", uma vez que é realizado na pista de corrida do autódromo. Diferente das corridas convencionais, em que há ruas, avenidas, subidas indigestas e outros, nesse local, há pouca variância, trecho basicamente plano. Para a galera dos 5km, vejo aí uma excelente oportunidade de quebrar seu recorde pessoal. É possível se fazer uma prova rápida, com manutenção de um ritmo forte do começo ao fim. Proponho a todos que corram no Autódromo essa semana, afim de conhecer o trajeto e se preparar melhor.

Para todos, independente da distância em que irá correr, proponho um aquecimento bem caprichado, de forma que você possa começar já no seu ritmo de prova. No primeiro km é possível imprimir um ritmo forte, crescendo gradualmente, estabilizando no km2 com um pedaço curto de subida, ali próximo da curva, podendo descer forte no km3 e4, se atentando para a subida leve na reta que dá para o grid de largada. Ou seja, é uma prova teoricamente plana, em que é possível andar sempre em um ritmo mais forte, ou que pode ser perfeitamente calculado. Por exemplo: aqueles que começaram há pouco tempo, mas treinam com regularidade, é possível se estabelecer 7 min por km, totalizando 35 minutos ao fim dos 5km.

Para a galera dos 10km, são duas voltas. É preciso saber dosar o ritmo, em um percurso rápido como esse. Assim como nos 5km, calcule quanto tempo você quer por cada volta. Priorize os primeiros 5 como estabilização, imposição do ritmo e utilize os 5km restante como objetivo de ritmo mais forte, fazendo assim um "splint negativo" (embora essa técnica seja muito utilizada nos 21 e 42km).

Para os 21km, como são quatro voltas completas, pode ser que fique um pouco maçante, mas é o ideal para um percurso minimamente calculado. Disciplina e dosar o ritmo são fundamentais. Em um ambiente como esse, você pode perfeitamente quebrar o seu recorde pessoal. Inteligência nos primeiros 10km, correndo de forma mais contida, e aumentando gradualmente na 3ª volta, descendo a lenha na última volta.

Eu particularmente, sempre treino dessa forma, onde faço economia de energia no começo e uso toda a reserva para um meio e fim de prova mais forte. Cada treinador tem sua metodologia de trabalho. Eu treino meus alunos desta forma, ensinando a eles a dosar o ritmo nos momentos certos, mantendo disciplina e foco, de forma que no fim, possamos usar toda a energia administrada, deixando os concorrentes sempre atrás.

Do mais, um grande abraço a todos! Vamos estourar canela e ser feliz!!

"voa, voa, voa
correr para ser feliz
é ver a canela pegar fogo"




quinta-feira, 21 de abril de 2016

terça-feira, 19 de abril de 2016

Fogo na canela, SEMPRE!



Não há escassez criativa quando se gosta do que faz. Gostar do que faz e gostar do trabalho que faz, melhor ainda. Há um terreno fértil, com inúmeras sementes brotando ou querendo nascer a cada por do sol, nos imensos alqueires do cérebro. Acredito e farei sempre inúmeros textos com os diversos temas, predominantemente sobre atividade física e os inúmeros benefícios. Repito, quando se gosta e acredita no que faz e trabalha, há sempre ideias borbulhando para um novo artigo.

Nesse último final de semana, houve o Circuito Longevidade Bradesco, num Domingo feliz, com uma multidão de pessoas de todas as classes e gêneros, unidos em prol da atividade física. Seja nos 6km ou 3km, o mais positivo foi o abraçar coletivo à ideia do movimento, da atividade física. Estive presente com minha Assessoria, muito bem acompanhado de alunos, amigo, meu pai!

Embora nesse Domingo fosse um dia em que a prevalência dos assuntos fosse o processo do impeachment, isso me fez refletir sobre algumas coisas.

Eu vejo na corrida as respostas para tudo que nos rodeia e encontro nela ás motivações que necessitamos para o dia a dia. Nessa corrida/caminhada de Domingo, logo após o inicio, houve um pequeno descuido de uma participante ocasionando na queda dela em plena avenida. Houve uma pessoa que no mesmo momento se dispôs a interromper sua corrida, para ajudar ela a se erguer. Belo exemplo de solidariedade e compaixão com o próximo. Negativamente, várias pessoas continuaram passando por ela, atento somente a si próprio. Podemos fazer analogia da mesma forma quando se trata de política. Lugar que infelizmente, há sujeitos nefastos, que atropelam ou seguem caminho, independente de quem está caído.

Durante a corrida, há os desesperados por hidratação, atropelando alguns nos postos de água, mas há os que gritam o tempo todo palavras de apoio, para que as pessoas continuem seguindo, outros, somente cuidando das próprias pernas. No momento da chegada da corrida, momento mágico em que há inúmeros selfies, palavras de vibração. Mas algumas pessoas parecem não se importar com mais nada. Apenas em si próprio. Buscam seus pertences, saem em silêncio.

A percepção dos olhares, atitudes das pessoas durante essas corridas, costumam me mostrar um pouco sobre a natureza humana. Fico extremamente feliz com a quantidade de pessoas que estão sempre sorrindo, feliz por participar daquele momento mágico. Mesmo aquelas que seguem mesmo vendo alguém cair do lado ou que não se importam com mais nada, merecem nossa compaixão.

O esporte, a atividade física, a corrida nos ensina um pouco sobre a natureza humana, mas principalmente, nos ensina o sentimento de coletividade, cooperação, bondade, compaixão, solidariedade, força interior.

Façam atividade física. Corram! Usem esse momento para redescobrir as alegrias do coração, sorrir para desconhecidos, lavar a alma com cada gota de suor, mas principalmente, busquem na qualidade de vida a oportunidade de se tornarem melhores. Façam uma percepção da atividade física que vai muito além dos benefícios fisiológicos.

Correr é exercício para a alma. Começamos ás vezes com uma preguiça, mas logo somos invadidos com ótimas sensações. Cada subida, descida, curva, vejam outros corredores e compartilhem o sentimento de bem estar provocado pela atividade física.

Quanto mais eu corro, renasce a vontade de viver. A dor, o cansaço, o suor me mostram de maneira magnífica o quanto estou vivo, feliz e sadio. Eu me apaixonei pela corrida no dia em que comecei a correr. Nunca mais consegui parar.  Somente você encarando as ruas, avenidas, absorto em seus pensamentos, livre, vento contra o rosto. Embora ás vezes, uma cama, pipoca, sorvete e filme sejam extremamente chamativos.

Corram! Aprendam a generosidade, a compaixão, o amor. Sintam-se vivos! Não deixem que o negativismo, os momentos turbulentos lhe desanimem. Dentro de si há uma força inimaginável. Bota fogo nessa canela e vai ser feliz! Grande Abraço!

terça-feira, 12 de abril de 2016

Dicas da corrida - Circuito da Longevidade



Boa Tarde a todos!! Seguindo a proposta do blog, vamos então em mais uma postagem sobre corrida, colocando aqui dicas valiosas, para que possa fazer uma participação boa, proveitosa e feliz neste Domingo de sol, dia 17/04. Ah, se lembrem que o kit deve ser retirado um dia antes, no Parque Flamboyant, logo pela manhã.

Essa corrida me deixa feliz, efusivo. Eu particularmente, tenho essa como minha preferida em provas de curta distância. Há uma energia magnífica lá. A gente se embala com tanta gente, de todo tipo. Umas das coisas que me motivam sempre é esse momento de estar com muitas pessoas, envoltos em boa energia, sorrisos. Realmente, é apaixonante.

Quem não fez a inscrição, realmente, não sabe o que está perdendo. Inscrição a um preço extremamente acessível. Essa corrida foi pensada para estimular a atividade física, com apoio do Governo Federal, iniciativa do Banco Bradesco. No Sábado haverá várias atividades bacanas por lá também.

Vamos então dar uma olhadinha nesse percurso:


Essa corrida tem um percurso fantástico. Quando você começa a corrida, passando pelo pórtico, está exatamente ao lado do Parque Flamboyant. Há um trechinho com subida que não se sente nada, pois logo depois, entramos na Av. Jamel Cecílio. Nesse trecho, com descida generosa, aproveite para "pegar" o embalo, com cautela, fazendo as adaptações necessárias para o restante de prova que se segue. Ganhe velocidade gradativamente, sem afobação. Perceba que haverá uma multidão de pessoas logo a frente andando. Clássico caso daqueles inexperientes que descem a lenha logo no começo, aproveitando essa descida. Segure a onda. Aproximando no km2, chegando no cruzamento da Rua 115, há um leve trecho de subidinha. Mantenha o passo firme, não há necessidade de muita poupança de energia nesse momento. No trecho da 115, aproveite para fazer uma corrida consistente, num bom ritmo, sem exagero, pois o verdadeiro desafio começa logo depois do km3, em que será necessário usar essa energia que você vem administrando. Quando se chega na Avenida A, o ideal é segurar bem o ritmo, pois há uma subida bem generosa daquelas que você fica pensando como pode alguém enfrentar isso. Mas sem exagero. É uma subida e pronto, logo passa... Saindo da Avenida A, você entra na rua 77, aquela que contorna o Estádio Serra Dourada, outro pedaço com certa dificuldade. No km 4, você sai dessa rua em direção ao Parque Flamboyant, onde você irá até um determinado ponto e depois faz a volta, descendo o Parque e indo até o Pórtico. Nesse trecho de 2km, desde o final da rua 77, aproveite para desenvolver um ritmo pegado, forte, pois se tem uma descida bem generosa no km 5, onde se pode correr com a faca nos dentes e dar o grito de alegria quando terminar os 6km. RESUMÃO: Km0 ao Km2, desenvolvimento gradual, tranquilo, sem forçar ritmo. Km2 ao Km3, desenvolva ritmo de corrida, ritmo moderado e segure. Km3 ao Km4, desenvolva um ritmo confortável, mas sem cair de produção se comparado com os trechos anteriores. Km4 ao Km5, se recupere da subida, buscando o fôlego tranquilamente, se hidratando e ganhando velocidade. Km5 ao Km6, solta o foguete e bota fogo na canela. Enfrentou 5 km, enfrenta esse último a toda velocidade.

Essas dicas são feitas pensando em um perfil de corredor de rua amador, cara tranquilo. Quem está atrás de performance e velocidade, pode usar a mesma lógica que eu coloquei ao fazer esta análise. A única diferença está na velocidade que você fará nos trechos, considerando as subidas.

Se hidratem bem, aproveitem essa corrida com alegria e levem os amigos, familiares que não conhecem corrida ainda. Há uma caminhada também, de 3km, feito para todos, sendo que o mais bacana é o momento de poder levar desde bebês de colo, a senhores de idade avançada com um sorriso no rosto.

Cheguem cedo pessoal, haverá muita gente e locais para estacionar nas redondezas não são muito fartos não. Durmam bem, se hidratem bem e bota fogo nessa canela. Sem fogo, sem alegria. Bota fogo, que alegria vem fervendo!

Abraços a todos!! Espero que tenham curtido essa análise. Bem simples, mas feita com carinho e atenção.