sexta-feira, 23 de junho de 2017

Percurso Comentado e Dicas para a Meia Maratona Sesc de Revezamento :)


Opa!!!

Com alegria me dirijo a cada um de vocês, desejando que estejam bem, felizes e com a corrida em dia! Correr é exercício de alegria, de união e de festejar a vida! Então nesse post falarei sobre a Meia Maratona de Revezamento Sesc, naturalmente idealizada e proposta pelo SESC e com a organização da Hanker. No ano passado houve a corrida do SESC, mas sem essa modalidade de revezamento. O percurso é bem parecido, com algumas diferenças que apresentarei a vocês logo em breve. Eu estarei na "Corre Cerrado", mas não poderia deixar de escrever sobre esta corrida também. Pena que acontece no mesmo dia as duas.

Estamos numa época fria e acredito que fará um frio gostosa na largada, embora eu não conte muito com isso. Aqui em Goiânia ás 7h da manhã é uma coisa, ás 8h já é bem diferente, rs... A principal dica aqui fica por conta do aquecimento, principalmente se estiver um dia frio, caprichar nos exercícios pré-corrida. Sempre sugiro um trote leve por cerca de 10, 15 minutos antes da corrida intercalado com deslocamentos laterais. Já resolve bem. Falando em condições climáticas, vejamos a previsão do tempo para este Domingo em Goiânia.


Observem que entre ás 06h e 09h há previsão do tempo entre 15º-16º, o que sugere frio. Nesse momento então vale a ideia de aquecer muito bem, visto que a largada é a 7h30. Considerando um tempo médio de 2h para todos os quartetos e duplas, por volta das 9h é que o sol tende a dar as caras. Mas imagino que será aquele sol com vento frio. Hidratação aqui é fundamental, lembrando que a vontade de urinar sempre é maior em dias frios.

Então vamos falar de percurso. Tem somente um percurso de 5km que gostei bastante, pois boa parte dessas ruas eu corri com alunos (quando ainda atendia alunos de um condomínio próximo, atualmente não atendo mais nessa região) e também em corridas, como o "Largue o Cigarro Correndo". São ruas amplas, com grau de dificuldade pequeno, salvo na Av. Ipanema no começo, onde tem uma subida que não é íngreme, mas é persistente. Vamos então ver os percursos, na visão do www.plotaroute.com :

 
Observem no primeiro mapa que expus, que logo no começo da corrida há um traçado em vermelho, na Av. Ipanema. É o trecho de maior dificuldade, mas tem a vantagem de ser no começo. É um tipo de subida que não é elevada, mas ela persiste por um bom tempo, como se estivesse correndo na esteira com uma inclinação baixa. Quem for fazer os 10km, conserve bem agora, pois depois quando voltarem para a segunda volta, esse trecho pode ser mais pesado pois estamos no "meio" de prova.

No segundo mapa, observem a oscilação de altimetria. Conforme falei, começamos em subida, onde sugiro que façam dois km bem conservadores e depois podem aumentar o ritmo na maneira que se sentirem bem, pois teremos uma prova teoricamente em descida depois de passarmos pela Av. Ipanema. Se formos considerar todo o contexto de prova, o ganho de altimetria é moderado, permitindo uma prova rápida.

Por último, expus um quadro com informações mais técnicas onde a parte que mais nos interessa é o ganho de altimetria. Segundo o PlotaRoute, teremos cerca de 55m de ganho de elevação. Num contexto de uma prova de 5km não é muito significativo a ponto de achar que é uma prova dura não.

Agora, vamos dar uma olhada nessas fotos, para vocês imaginarem o percurso e para quem conhece a região, se situar melhor onde passará. Em ordem de aparição na prova, segue detalhado:

Largada até km1: Sesc Faiçalville//Av. Ipanema: Na quarta foto, entrando na Av. Ipanema, trecho com sensação de subida até chegar na Av. Rio Verde.


 
 
 Km1 - Km 2: Av. Ipanema//Av. Rio Verde: Metade do trecho em subidinha e depois alívio quando se chega na Av. Rio Verde.
 
Km2 - Km3: Av. Rio Verde//Av. Abaeté: No fim do km3, observem o Parque a direita. Lugar com excelente arborização e ar puro. Aqui, trecho tranquilo.

 
Km3 - Km4: Av. Nadra Bufaiçãl//Av. Madrid: Ótimo pedaço de percurso, podendo aqui desenvolver bom ritmo. Mas cuidado, logo que finalizamos o 4ºkm, pegaremos subidinha na Madrid. 

 

Km4 -Km5: Av. Madrid//Rua Taragona//A. Ipanema: Trecho com subidas, mas já é fim de prova para quem vai fazer somente os 5km. Para o pessoal que ainda vai dar mais uma volta, mantenha um ritmo estável. Deixe para forçar um pouco somente na segunda volta. Daqui, já vamos direto para o Sesc.
 
 
 

Como sempre digo, corram com alegria! Aproveitem a corrida e sempre tem mais por aí. Espero que gostem desse post e que eu possa ter ajudado um pouco. Fico sempre feliz de estar escrevendo de forma útil para todos vocês. Para finalizar, foto do kit e informações sobre a entrega.



 Grande Abraço!!

Com alegria!!

Professor Ricardo Carneiro
e-mail: ricardo.aesp@gmail.com






2 comentários:

  1. Plastics are well fitted to manufacturing outcome of} their relatively low value per half, half consistency, and talent to fabricate giant numbers of parts rapidly. During the injection phase plastic pellet materials flows right into a hopper on prime of the injection unit. The pellets feed right into a cylinder the place they're heated till they turn molten. A motorized screw, or ram, within the heating cylinder then mixes the molten resin and pressure the polymer to Shower Caps the tip of the cylinder. Once sufficient materials has accumulated in front of the screw, the injection course of begins. The molten plastic is inserted into the mildew through a sprue, whereas the strain and speed are managed by the screw.

    ResponderExcluir
  2. It additionally be} apparent that cutter radius compensation is simply used for milling cutters, and solely when milling on the periphery of the cutter. A Sports Nutrition programmer would never think about using cutter radius compensation for a drill, tap, reamer, or different hole-machining device. Many different kinds of manufacturing tools and manufacturing processes are managed by different forms of programmable CNC controllers.

    ResponderExcluir